• #

E-BOOK

EBOOK


cata

Ferreira, Daniel; Sampaio, Érica; França, Flávio. Catadores de palavras: reciclando o lixo através da poesia. - Feira de Santana: Edição do autor, 2020.

SINOPSE:

A publicação "Catadores de palavras: reciclando o lixo através da reciclagem" foi desenvolvida pelos bolsistas de extensão do projeto "Implantação da Biblioteca do Dispensário Santana", coordenado pelo professor Flávio França. O material produzido durante a pandemia do novo coronavírus foi desenvolvido com o intuito de promover o debate sobre o lixo e a reciclagem de uma forma mais lúdica e didática. 

Apresentando um viés interdisciplinar, associando a educação ambiental e a literatura, o material escrito por Érica Sampaio, Daniel Ferreira e com ilustrações de Camila Moreira, espera ser muito utilizado nos espaços formais e não formais de educação para estimularem as crianças e jovens não apenas a lerem, mas através de uma leitura consciente serem influenciadas a tomarem atitudes relevantes em relação aos problemas causados pelo lixo, seja em Feira de Santana ou em qualquer outra localidade do país. 

O material encontra-se disponível para download de forma gratuita e é recomendado tanto para estudantes como para professores e educadores atuantes nos mais diversos espaços.


planta
 


Silva, Gabriel Barros da. Silva, Tânia Regina dos Santos. Plantas medicinais e tóxicas da Universidade Estadual de Feira de Santana. 1ª Ed. - Feira de Santana-Ba, 2019.


SINOPSE:

O recurso didático reúne as plantas medicinais e tóxicas ocorrentes no Campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), estado da Bahia, e objetiva auxiliar em atividades extracurriculares, extensionistas e aulas práticas de Botânica a serem desenvolvidas na instituição. Estão incluídas no material didático 56 espécies distribuídas em 46 gêneros e 24 famílias botânicas.

O livro inclui nome científico, nomes populares, identificação de usos, possíveis toxicidades, fotos (hábito, partes vegetativas e reprodutivas) e mapa de distribuição individualizado das espécies encontradas. Foram criados pictogramas para sintetizar o conteúdo das partes medicinais e/ou tóxicas das plantas, sendo eles: raízes, cascas, folhas, flores, frutos, sementes, perigo, látex e mucilagem.

As plantas tóxicas estão sinalizadas com o pictograma de perigo ao lado do nome científico, seguidamente da sua descrição de toxicidade. Consta, nas páginas finais do guia, um glossário com os termos médicos que aparecem na descrição. Os autores foram premiados com o 3º lugar na modalidade de bolsistas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB) no Seminário de Iniciação Científica da Universidade Estadual de Feira de Santana (SEMIC) de 2018; e concorreram ao Prêmio Verde do 70º Congresso Nacional de Botânica, ocorrido em 2019.

Recomendar esta página via e-mail: